domingo, 19 de fevereiro de 2017

PROJETO “A DENGUE NÃO ENTRA NA MINHA CASA”

Apresentação: A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em consequência da dengue. Em nosso país, as condições socioambientais favoráveis à expansão do Aedes aegypti possibilitaram a dispersão do vetor desde sua reintrodução em 1976 e o avanço da doença. Essa reintrodução não conseguiu ser controlada com os métodos tradicionalmente empregados no combate às doenças transmitidas por vetores em nosso país e no continente. Diante do exposto, vale ressaltar que, o número cada vez mais alarmante de casos de dengue nas cidades traz preocupações a todos por ser crescente a possibilidade de uma epidemia da dengue. Em todo este contexto, o professor também possui um importante papel dentro das escolas. Ele é o responsável por levar aos seus alunos todas as informações necessárias sobre o mosquito e o mau que ele causa. Muitas vezes, acontece destes alunos fazerem a vez de professores (as) dentro de casa, informando seus responsáveis como proceder na eliminação de qualquer risco de foco de dengue. No intuito de aplicar o desenvolvimento do tema em sala de aula e fora dela, desenvolvemos um projeto que também se utilizará do lúdico para enfrentar esse problema. Justificativa: Tendo em vista uma possível epidemia de dengue em nosso município e a necessidade de tornarmos os alunos agentes no combate a dengue. Objetivo geral: Trabalhar junto aos alunos, visando conscientizá-los, quanto à importância de prevenir a dengue, pois esta é uma doença grave e que vem causando muitas mortes, de maneira a oportunizar o reconhecimento dos envolvidos como elemento integrante do ambiente, dando a oportunidade de serem formadores de opiniões. Dessa forma faz-se necessário motivar a adoção de hábitos de higiene local bem como sua manutenção e prevenção na proliferação na infestação do Aedes Aegypti. Além disso, desenvolver e aprimorar o domínio de competências básicas humanas, tais como: comunicação oral e escrita, leitura e interpretação de textos e promover a manutenção de um comportamento solidário e do exercício da cidadania. Objetivos específicos: Identificar o mosquito da dengue; Adquirir hábitos e atitudes que colaborem para acabar com o mosquito e com a dengue; Entender como o aquecimento global pode interferir na proliferação da doença; Conhecer a origem do mosquito Aedes Aegipty; Entender que a dengue interfere no aproveitamento escolar, pois afasta a criança da escola; Reconhecer a importância dos hábitos de higiene com forma de manter a saúde e prevenir doenças; Identificar as causas de ocorrência de epidemias; Conhecer as diversas formas de contágio, prevenção; Reconhecer os sintomas e dar início ao tratamento; Aplicar os conhecimentos adquiridos em sala; Desenvolver a cidadania. Público Alvo: Os alunos do ensino fundamental do 1º ao 5º ano Estratégias: Conversa informal sobre o tema em questão. Momento de questionamento sobre o tema. Pesquisa nas principais fontes de comunicação. Levantamento de dados estatísticos, pelos alunos, das causas e conseqüências da dengue em suas formas clássica e hemorrágica; Discussão sobre os noticiários e pesquisas realizadas extra-sala; Debate sobre o tema. Atividades: Confecção de cartazes e mural; Jogos: Tabuleiro e da memória. Recursos: Pesquisas, reportagens de jornais e revistas, etc. Jogos: Tabuleiro e da memória. Materiais: Internet; Computadores; Jornais, livros, revistas; Fotos; Cópias impressas; Jogos. Avaliação : Será contínua, participação oral e escrita; Confecção de mural onde os alunos divulgarão o resultado das pesquisas, no combate do mosquito, sintomas da doença e outros dados significativos; Observação da participação e envolvimento nas atividades propostas. Culminância: Exposição dos trabalhos realizados durante o projeto. Reflexão: "Sabedoria é saber o que fazer; virtude é fazer!" (David Star Jordan) REFERÊNCIA: http://leituraliteraturaeinternet.blogspot.com.br/2011/05/projeto-pedagogico-tema-vencendo-dengue.html http://lucianosoaresestudio.com/estudio/?p=200 http://www.epo.com.br/cuidados-com-a-dengue/ http://www.jornalnoticiaregional.com.br/noticias/49-casos-notificados-de-dengue-em-monte-carmelo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário